In a Igreja e o Opus Dei
Por Papa Paulo VI
Texto de uma carta manuscrita dirigida pessoalmente pelo Papa Paulo VI a são Josemaria Escrivá, em que ressalta a vibração do espírito ardente e generoso do Fundador do Opus Dei. Enumera diversas qualidades do Opus Dei, entre elas o imenso amor à Igreja e ao Papa e o zelo ardente pelas almas.

Texto de uma carta manuscrita —”quirógrafo”—, dirigida pessoalmente pelo Papa Paulo VI a são Josemaria Escrivá, Fundador do Opus Dei, no dia 1º de Outubro de 1964, véspera do 46º aniversário da fundação do Opus Dei.

“Nas suas palavras [de Josemaria Escrivá] percebemos a vibração do espírito ardente e generoso de toda a Instituição, nascida neste nosso tempo como expressão da perene juventude da Igreja […]. Consideramos com paterna satisfação tudo quanto o Opus Dei tem realizado e realiza pelo Reino de Deus; o desejo de fazer o bem, que o guia; o amor ardente à Igreja e à sua Cabeça visível [o Papa], que o distingue; o zelo ardente pelas almas, que o impele pelos caminhos árduos e difíceis do apostolado de presença e de testemunho em todos os setores da vida contemporânea”

Paulo VI

Fonte: extraído e traduzido do site www.vatican.va, busca: Opus Dei

Recent Posts
Fale conosco

Escreva aqui sua mensagem que responderemos o mais breve possível. Obrigado!

Start typing and press Enter to search