Falar da Obra é falar de coisas boas

Por Juliane Bonacif
Juliane nos conta suas impressões sobre os dois anos que estudou no Centro de Educação Profissional “Os Pinhais”, situado na Colônia Murici, em São José dos Pinhais (próximo a Curitiba). “Os Pinhais” promove cursos de capacitação para jovens na área de hotelaria, mas Juliane não hesita em afirmar que lá teve a oportunidade de crescer humanamente e espiritualmente, além de formar-se no campo profissional.

Estudei no CEP “Os Pinhais” por dois anos, onde convivi com numerárias e numerárias auxiliares do Opus Dei. Tenho certeza de que foram uns dos melhores e mais preciosos momentos de minha vida até o presente. Formei-me profissionalmente, humanamente e espiritualmente (embora a formação seja algo contínuo, que continuarei atualizando). Aprendi a conviver com pessoas de diferentes Estados, hábitos pessoais e culturais. O mais importante foi poder conhecer melhor a Deus, poder dialogar com um Deus tão grande e poderoso, mas que é encontrado nas coisas pequenas do dia-a-dia, como: acabar bem meu trabalho, sorrir mesmo que custe, ter sempre um detalhe de atenção com as pessoas, enfim, transformar o que está ao meu redor em ocasião de amar a Cristo. Afinal, ser cristão autêntico no mundo é motivo para que examinemos nossa conduta.

Morar em um Centro do Opus Dei é sempre motivo para agradecer. Os seus membros são pessoas muito felizes e, ao entrarmos nesse ambiente, parece que estamos sendo bombardeados por essa sensação. Tratam-nos bem não só por educação, mas porque amam muito, pois doaram suas vidas para levarem outras vidas a Deus.

Quando alguém está fazendo aniversário, realmente se comemora muito bem. Começa no café da manhã: a mesa posta com flores, fotos e sua comida favorita. À noite, geralmente, fecha-se a comemoração com show de músicas, teatros e um cartão muito especial…

Por esses e outros motivos, falar da Obra para um amigo é o mesmo que lhe falar de coisas boas.

Juliane Bonacif