In Evangelho do dia

12Mas antes de tudo isso, deitar-vos-ão as mãos e perseguir-vos-ão, entregando-vos às sinagogas e às prisões, levando-vos a reis e governadores, por causa do Meu nome. l3Mas isso proporcionar-vos-á ocasião de dar testemunho. 14Assentai, pois, no vosso íntimo, em não preparardes a vossa defesa, 15pois Eu vos darei língua e sabe­doria a que não poderá resistir ou contestar qualquer dos vossos adversários. 16Sereis entregues até pelos vossos pais, irmãos, pa­rentes e amigos. Hão-de causar a morte a alguns dentre vós 17e por todos sereis odia­dos por causa do Meu nome; 18mas nem um cabelo se perderá da vossa cabeça. 19Pela vossa constância e que haveis de ganhar as vossas almas!

Comentário

  1. Jesus anuncia perseguições de todos os gêneros. Isto é inevitável: «Todos os que queiram viver piedosamente em Cristo Jesus padecerão perseguições» (2 Tim 3,12). Os discí­pulos deverão recordar aquela advertência do Senhor na Ultima Ceia: «Não é o servo mais que o seu senhor. Se Me perseguiram a Mim, também vos perseguirão a vós» (Ioh 15,20). Contudo, estas perseguições não escapam à Provi­dência divina. Acontecem porque Deus as permite. E Deus permite-as porque pode tirar delas bens maiores. As perse­guições serão ocasião de dar testemunho: sem elas a Igreja não estaria adornada com o sangue de tantos mártires. O Senhor promete, além disso, uma assistência especial àqueles que estejam a sofrer perseguição e adverte-os de que não hão-de temer: dar-lhes-á a Sua sabedoria para se defen­derem e não permitirá que pereça nem sequer um cabelo da sua cabeça, isto é, que até o que possa parecer uma desgraça e uma perda será para eles o começo da glória.

Das palavras de Jesus deduz-se também a obrigação que tem todo o cristão de estar disposto a perder a vida antes que ofender a Deus. Só aqueles que perseverem até ao fim na fidelidade ao Senhor alcançarão a salvação. A exortação à perseverança está consignada pelos três Sinópticos neste discurso (cfr Mt 24,13; Mc 13,13) e por São Mateus noutro lugar (Mt 10,22) e igualmente por São Pedro (l Pet 5,9). Isso parece sublinhar a importância desta advertência de Nosso Senhor na vida de todo o cristão.

Recent Posts
Fale conosco

Escreva aqui sua mensagem que responderemos o mais breve possível. Obrigado!

Start typing and press Enter to search