Evangelho do dia 19.08.2017 – Mt 19,13-15 – Leia o Evangelho do dia

13Então apresentaram-Lhe umas criancinhas, para que impusesse as mãos sobre elas e orasse. Os discípulos ralhavam com elas. 14Jesus, porém, disse-lhes: Deixai as criancinhas e não as estorveis de virem a Mim, porque dos que são como elas é o Reino dos Céus. 15E impôs-lhes as mãos. Depois partiu dali.

 

Comentário

13-34. Uma vez mais (vid. Mt 1 8, l -6) mostra Jesus a sua predilecção pelas crianças, acolhendo-as e abençoando-as. Também a Igreja deu às crianças um lugar importante urgindo a necessidade do Baptismo: «Todas as crianças devem ser baptizadas. O sentir comum e a autoridade dos Santos Padres, prova que esta lei deve entender-se não só dos que estão em idade adulta, mas também das crianças na infância, e que a Igreja recebeu esta lei por Tradição apostólica. Deve crer-se, além disso, que Cristo Nosso Senhor não quis que se negasse o Sacramento e a Graça do Baptismo às crianças, das quais dizia: ‘deixai as crianças e não as impeçais de vir a Mim, porque destas é o Reino dos Céus’: as quais estreitava entre os Seus braços, punha sobre elas as mãos e as abençoava» (Catecismo Romano, II, 2,32).