In Evangelho do dia

37Como foram os dias de Noé, assim será a vinda do Filho do homem. Porque, assim como nos dias antes do dilúvio comiam e bebiam e se casavam, até dia em que Noé entrou na arca, 39e não federam conta de nada, até que veio o dilúvio e levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem. 40Então estarão dois no pó: um será tomado e outro deixado. 41Estarão duas a moer na atafona: uma será tomada e outra deixada.

42Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia virá o vosso Senhor.43Notai, porém, uma coisa: Se o pai de família soubesse em que quarto da noite havia de vir o ladrão, estaria alerta e não deixaria arrombar a sua casa. 44Por isso, estai vós também preparados, porque, na hora em que menos o pensais, virá o Filho do homem.

Comentário


«Esta geração»: O versículo é um exemplo claro do que se disse na nota a Mt 24, 1, acerca do caracter de símbolo que tem a destruição de Jerusalém: «Esta geração» refere-se primeiramente à contemporânea da destruição do Templo. Mas, tendo em conta que a destruição de Jerusalém é figura do fim do mundo, pode dizer-se com São João Crisóstomo que «o Senhor não falava somente da geração que na época vivia, mas da geração dos crentes, porque o Senhor sabe que uma geração não se caracteriza só pelo tempo, mas também pela maneira do seu culto e da sua vida: nesse sentido diz o salmista ‘esta é a geração dos que buscam o Senhor’ (Ps 24, 6)» (Hom. sobre S. Mateus, 77).

  1. É outra confirmação da realização das profecias anteriores, como se dissesse: é mais fácil que o céu e a terra, que parecem tão estáveis, desapareçam, que as Minhas palavras deixem de cumprir-se; e é, ao mesmo tempo, uma afirmação cheia de solenidade do valor da palavra divina: «o céu e a terra, pela sua natureza de coisas criadas, não são necessariamente imutáveis, de maneira que podem não existir; contudo, as palavras de Cristo, que têm origem na eternidade, possuem tal força e poder que permanecem para sempre» (S. Hilário, In Matth. 26).
  2. Toda a revelação sobre o fim dos tempos fica envolvida no mistério; Jesus, que sendo Deus conhecia perfeitamente o plano da salvação, nega-Se a revelar a data do dia do Juízo Final. Por quê? Para manter os Apóstolos e os discípulos vigilantes, e para reafirmar a transcendência deste desígnio misterioso. Pode pôr-se em relação esta frase com a resposta aos filhos de Zebedeu: «sentar-se à Minha direita ou à Minha esquerda não Me compete concedê-lo, mas é para aqueles que dispôs Meu Pai» (Mt 20,23): não porque na realidade o desconheça, mas porque não é do Seu ofício revelá-lo.

“«Àquele dia» é uma expressão estereotipada e normalmente utilizada na Bíblia para indicar o dia do juízo de Deus todos os homens (cfr Am 2, 26; 8, 9.12; Is 2, 20; Miq 2, 4; Mal 1, 19; Mt 7, 22; Mc 13, 32; Lc 10, 12; 2Tim 1, 12, etc.). 

37-39. O Senhor representa em poucos traços a situação de despreocupação e de insensibilidade dos homens perante o sobrenatural. Isto não é apenas de então nem de agora: é de sempre. Parece mais importante comer e beber, tomar mulher ou marido: na realidade, agindo assim, esquece-se que o mais importante é a vida eterna. Ao mesmo tempo o Senhor prediz: como foi no tempo do dilúvio, assim será no fim do mundo. A segunda vinda do Filho do Homem cumprir-se-á num momento inesperado, surpreendendo os homens no que estão a fazer, bom ou mau.

É, pois, tentar o Senhor esperar para o último instante para mudar de disposição. 

  1. No meio das coisas mais correntes da vida — as fainas do campo, trabalhos da casa, etc. — tem lugar o Chamamento divino e a resposta do homem, e decide-se, portanto, a felicidade eterna ou a eterna condenação. Para a ração não fazem falta condições ou circunstâncias extraordinárias na vida, mas a fidelidade quotidiana ao Senhor no meio do normal.
  2. A consequência que tira o próprio Jesus Cristo desta revelação sobre as coisas futuras é que o cristão deve viver vigilante cada dia como se fosse o último da sua vida. 

O importante não é elucubrar acerca de quando e como serão esses acontecimentos últimos, mas viver de tal forma que nos encontrem na graça de Deus.

Recent Posts
Fale conosco

Escreva aqui sua mensagem que responderemos o mais breve possível. Obrigado!

Start typing and press Enter to search