D. Álvaro continua resolvendo problemas econômicos

Por A. de Carvalho e Carla Rosa Wagner
D. Álvaro del Portillo é conhecido pela correspondência fiel e responsável em todos os aspectos de sua vocação ao Opus Dei. Assim, também ele teve de buscar soluções nos momentos em que não havia dinheiro, meio necessário para que o Opus Dei continuasse desenvolvendo-se. Por isto, depois de seu falecimento, são muitos os que recorrem à sua intercessão quando enfrentam problemas financeiros. De fato, D. Álvaro tem concedido favores neste campo, como nos contam A. de Carvalho e Carla Rosa Wagner.

Há meses eu me mudei de São Paulo para Brasília. Antes da viagem, informei-me na empresa de aviação quantos quilos de bagagem poderiam ser transportados sem o pagamento de nenhuma taxa extra. Ao fazer as malas, percebi que havia excesso de peso e que seria excessivamente elevada a taxa extra de transporte. Enviei por transportadora tudo aquilo que não teria urgência de usar, apesar disso, a minha bagagem continuava bem acima do peso máximo permitido, por causa de livros e de outros objetos mais pesados.

No caminho para o aeroporto, comecei a rezar a D. Álvaro del Portillo pedindo-lhe que me concedesse a graça de não precisar pagar nada além do limite de preço estipulado pela companhia aérea.

No guichê do check in, enquanto a atendente verificava o peso das malas, eu continuava rezando a D. Álvaro por essa intenção. A funcionária da companhia aérea, porém, ao verificar o excesso de peso, informou-me que seria necessário pagar a sobretaxa. Mas no momento seguinte, como se tivesse ficado arrependida, foi pedir ao gerente a isenção da taxa extra. E assim, com a autorização do gerente, ela liberou toda a bagagem sem nenhum custo a mais.

Agradeço a D. Álvaro por esse favor recebido. Dessa forma ele manifestou que, também do céu, continua resolvendo problemas econômicos como fizera tantas vezes durante seus anos como Procurador Geral do Opus Dei.

A. de Carvalho – Brasília


Após me formar na Faculdade de Direito, tive muita dificuldade para encontrar emprego. Os escritórios de advocacia preferiam efetivar seus estagiários recém-formados a arriscar a contratar alguém desconhecido que, certamente, necessitaria de algum treinamento. Recebi então uma estampa de D. Álvaro del Portillo, que foi Prelado do Opus Dei e primeiro sucessor de São Josemaria Escrivá. Explicaram-me que D. Álvaro, por ter passado em vida por muitas adversidades financeiras e por tê-las administrado bem, iria ajudar-me.

Minha mãe e eu, então, rezamos a estampa. Pouco tempo depois, consegui meu primeiro emprego como advogada. Não era o emprego que eu mais desejava, mas foi lá que adquiri a experiência que me possibilitou, depois, outro emprego, numa grande empresa (para a aprovação nesta segunda empresa também pedi a intercessão de D. Álvaro).

Anos depois, quando meu aprendizado nesta segunda empresa chegou ao limite, pedi uma vez mais a D. Álvaro sua intercessão para conseguir uma mudança que me possibilitasse melhor remuneração e maior crescimento profissional e humano. Novamente D. Álvaro me ajudou em todos os aspectos.

É claro que, todas as vezes que for necessário, irei pedir a intervenção deste sacerdote que não só me ajudou a encontrar emprego como tem me colocado em contato com trabalhos e profissionais que me ensinam muito no aspecto jurídico e pessoal.

Carla Rosa Wagner – São Paulo

Categorized: milagres