In milagres
Por Hermes Adriano Drechsel
Hermes, professor de artes da rede pública de ensino do Paraná, nos conta que acabou sendo transferido para uma escola muito distante do centro de Curitiba, onde reside e trabalha em outras duas escolas. Com a transferência, precisaria desligar-se destes outros trabalhos, o que não lhe seria nada favorável. Hermes começou a procurar alternativas e a rezar, acompanhado pelos amigos, a São Josemaria. Deus não tardou em responder e, concluída mais esta sinfonia em sua vida, Hermes pode dizer: “Hoje estou trabalhando onde queria e me sinto muito feliz e agradecido”.

Venho por meio desta agradecer e relatar uma graça alcançada por intercessão de São Josemaria Escrivá.

Sou professor de artes da rede pública de ensino no Estado do Paraná há dois anos. Durante o ano de 2005 estava trabalhando em uma escola próxima à minha casa, no centro de Curitiba. No fim daquele ano, por uma distração de minha parte, não prestei o concurso de remoção do qual deveria ter participado para fins de fixação de lotação de local de trabalho. Estava trabalhando naquela escola com uma ordem de serviço, isto é, temporariamente.

Na semana do Natal soube, através de uma amiga, que o sistema havia me transferido aleatoriamente para outra escola. Esta ficava localizada em um bairro no extremo sul da cidade de Curitiba. Como sou morador do centro, para chegar ao estabelecimento de ensino, seria uma viagem de aproximadamente duas horas e meia de ônibus.

Trabalho em outras duas escolas próximas de minha casa. É minha fonte de renda. Em uma delas sou registrado há oito anos. Com estes empregos ajudo a manter nossa casa e a pagar minhas contas. Se trabalhasse naquele estabelecimento de ensino para onde fui transferido certamente, por problemas de horário, deveria desligar-me das outras escolas.

Durante o mês de Janeiro de 2006, aconselhado por amigos, percorri diversas escolas do centro de Curitiba conversando com diretores, e procurando saber se haveria vaga disponível para mim. As respostas sempre eram incertas. E poucas deram garantia de abertura de vagas.

Nesta mesma época comecei a fazer, todas as noites, a oração da estampa de São Josemaria Escrivá. Pedia a sua intercessão junto a Deus para meu problema. Fico feliz em testemunhar que não estava sozinho. Amigos também me ajudaram com suas orações a São Josemaria. Dentre eles, membros da Obra em Curitiba.

Minhas preces começaram a ser atendidas já no dia primeiro de fevereiro. Um dia antes das reuniões pedagógicas se iniciarem, recebi uma ligação da diretora de um colégio que fica em um bairro próximo do centro. Coincidentemente foi o último colégio que eu havia procurado. Ofereceu-me uma vaga. Aceitei prontamente.

Após alguns trâmites legais complicados (e pequenos problemas burocráticos) junto à Secretaria de Educação, iniciei meus trabalhos neste estabelecimento.

Mas a maior surpresa ainda estava por vir. No dia oito, um dia antes do início das aulas, recebi uma ligação, em casa, da coordenadora da Escola de Artes do maior colégio público do Estado, mais próximo de minha casa. (Este estabelecimento foi o primeiro que procurei em janeiro. Ela me disse, na ocasião, que estavam com falta de professores e qualquer novidade me procuraria.) Ofereceu-me uma vaga e prontamente aceitei.

Hoje estou trabalhando onde queria e me sinto muito feliz e agradecido a Deus por Sua misericórdia e também agradecido a São Josemaria Escrivá por sua preciosa intercessão.

Hermes Adriano Drechsel

Recent Posts
Fale conosco

Escreva aqui sua mensagem que responderemos o mais breve possível. Obrigado!

Start typing and press Enter to search