In obrigado, Opus Dei
Por Maria Isabel Limeira Santos
Maria Isabel, cooperadora do Opus Dei, fala da importância que a Obra teve e terá sempre em sua vida. Ao freqüentar os meios de formação e trabalhar em Centros do Opus Dei, cresceu como pessoa, como profissional e, o mais importante, cresceu no amor a Deus.

Sou Maria Isabel Limeira Santos, cooperadora do Opus Dei. Gostaria de falar um pouco sobre a formação que recebi no Opus Dei.

Confesso que antes de conhecer a Obra eu era uma pessoa completamente desorientada, não tinha formação nenhuma. Era católica porque fui batizada na Igreja Católica, infelizmente não sabia nada da doutrina da Igreja. Só sabia rezar o Pai Nosso, a Ave-Maria e também a Salve Rainha, aprendi com minha mãe.

Em 1992, conheci uma pessoa do Opus Dei, que me convidou para conhecer o Centro. Assim que entrei na Elca já senti que o ambiente era muito agradável, diferente de outros ambientes. Encontrei pessoas sempre sorridentes, educadas e prestativas.

A partir deste momento a minha vida mudou completamente. Posso dizer que o melhor presente de minha vida foi ter conhecido o Opus Dei. A Obra me preparou para a vida.

Gostei muito de ter trabalhando na Obra, em todos os Centros que fiquei era tudo a mesma coisa: as pessoas me tratavam muito bem, a atenção por igual. A Obra é realmente de Deus.

Na Obra aprendi muitas coisas boas. No trabalho profissional, cresci muito. Para mim a formação profissional que aprendi na Obra foi a 1ª e a última faculdade. Peguei muita experiência tanto na teoria como na prática. Foi uma escola de alta qualidade, portanto posso dizer que valeu a pena!

O Opus Dei mostrou-me o caminho certo, por onde deveria passar, para mim foi como uma seta. Eu segui esta seta e vou continuar seguindo. Nunca vou deixar de freqüentar os meios de formação do Opus Dei.

O Opus Dei me ensinou muito como amar a Jesus e a sua Igreja; me ensinou a fazer uma visita a Jesus no Sacrário de uma Igreja, rezar comunhões espirituais e jaculatórias, fazer atos de desagravo e atos de amor. Todos estes detalhes alimentam a nossa alma e nos deixam mais perto de Deus. Existe coisa melhor do que estar perto de Deus?

O meu depoimento é pequeno, é muito pouco o que escrevi, mas no meu coração está guardado tudo o que aprendi na Obra. Quando eu quiser é só tocar no meu coração, pois tudo que aprendi ficou guardado para sempre.

Maria Isabel Limeira Santos
São Paulo – SP

Recent Posts
Fale conosco

Escreva aqui sua mensagem que responderemos o mais breve possível. Obrigado!

Start typing and press Enter to search